5 de agosto de 2009

10 testamentos e últimos desejos estranhos

Postado por Samantha

1. Angel Pantoja: queria ficar em pé no seu próprio funeral


Uma funerária de Porto Rico usou um tipo especial de embalsamento para manter o corpo de Angel Pantoja Medina, de 24 anos, em pé por três dias para o seu velório na casa da mãe, em San Juan. Usando um boné do New York Yankees e óculos escuros, Pantoja foi velado por parentes enquanto se mantinha em pé na sala de estar. A dona da funerária, Damaris Marin, contou ao Associated Press que a mãe de Pantoja a pediu para realizar o último desejo do filho.

2. Helmsley: deixou $12 milhões para Trouble (sua cadela)


Alguns podem se referir a Leona Helmsley como a "Rainha da Maldade", mas sua cadela provavelmente discorda disso. Helmsley morreu aos 87 anos, quando seu testamento foi revelado. Nele, ela foi bem generosa com sua cadela, dando-lhe $12 milhões para garantir que ela vivesse o resto de sua vida da forma como estava acostumada. Quando a cadela morrer, deverá ser enterrada ao lado da dona no mausoléu de $1,4 milhão de dólares no Cemitério Sleepy Hollow, and Westchester County, Nova York. Ela foi bem menos generosa com os filhos de seu filho mais novo, cortando-os completamente do testamento por "razões as quais eles sabem". Os netos da bilionária contestaram o testamento e um juiz decidiu reduzir a herança de Trouble para $1 milhão.

3. Bratt: cinco charutos por dia para ter £330.000

Samuel Bratt usou seu testamento simplesmente para se vingar. Sua esposa nunca o deixou fumar seus charutos favoritos. Então, ao morrer, em 1960, o ressentido Bratt descontou tudo isso. Ele deixou £330.000 para a esposa, mas, para ter o dinheiro, ela precisaria fumar cinco charutos todos os dias.

4. Jayla, de 9 anos, queria casar antes de morrer


Toda garota sonha com o dia de seu casamento, com um lindo vestido branco e, claro, com o homem perfeito. Mas Jayla Cooper, de 9 anos, não tinha tempo de vida suficiente para esperar pelo Sr. Perfeito. A garota de Southlake vinha batalhando contra a leucemia há dois anos, e essa batalha poderia terminar em questão de semanas. Ela resolveu, então, se casar com um amigo que se tratava no mesmo hospital. "Ele é muito fofo e eu o amo", disse. Para realizar o sonho da garota, os dois casaram mesmo, em uma cerimônia onde estavam a família e os amigos. Tudo foi pago com doações. O casamento aconteceu em fevereiro e Jayla acabou perdendo a batalha contra a leucemia e faleceu em abril.

5. T.M. Zink: doou o dinheiro para a criação de uma livraria sem mulheres

O advogado T.M. Zink, que morreu em 1930, tinha tanto desdém pelas mulheres que queria usar todas as suas economias para abrir uma livraria na qual não houvesse um livro sequer de autoria feminina e onde também não poderiam entrar clientes desse sexo. No seu testamento, Zink estipulou que uma quantia do dinheiro fosse destinada à construção da Zink Womanless Library, na qual em cada entrada seria colocada uma placa assinalando a proibição da entrada de mulheres. A filha de Zink, cuja herança foi de $5, lutou para que isso não fosse permitido e conseguiu. A livraria nunca foi construída.

6. Heine: a esposa só levaria a herança se casasse de novo

Em 1841, o poeta Heinrich Heine casou com Eugenie Mirat, uma analfabeta mal educada. Sua afeição por Eugenie tinha muitas ambiguidades, tanto que em seu testamento Heine deixou toda a sua herança para a esposa, mas com uma condição: ela precisaria casar novamente. Por quê? "Porque só assim haverá pelo menos um homem que lamentará a minha morte". O poeta alemão morreu em 1856.

7. Rodenberry: pediu para ser cremado e enviado ao espaço


Gene Rodenberry, o criador de Star Trek, amava tanto o espaço e a ficção científica que pediu para ser cremado e enviado ao espaço quando morresse. Seus últimos desejos foram atendidos e ele foi levado embora da terra em um satélite espanhol em 1997. Suas cinzas foram jogadas na atmosfera enquanto o satélite orbitava o planeta. A esposa de Rodenberry juntou-se a ele após a sua morte cerca de dez anos depois.

8. Nick Wallis: pediu uma prostituta para perder a virgindade


Nick Wallis nasceu com uma distrofia muscular e viveu boa parte da vida com muitas limitações. Ele queria ter uma relação de amor e intimidade com uma mulher, mas sua doença não permitiu que isso acontecesse, e então ele pediu ajuda para contratar uma prostituta a fim de ter uma relação sexual antes de morrer (pessoas com a distrofia de Nick geralmente morrem na faixa dos 30 anos). O rapaz disse que levou dois anos para tomar essa decisão, e a parte mais difícil foi contar aos pais. Ele conseguiu o que queria e disse que a experiência não foi emocionalmente gratificante, mas que a moça foi muito agradável e compreensiva.

9. Benny: uma rosa entregue à esposa todos os dias

Jack Benny e Sayde Marks estavam casados há 48 anos quanto ele morreu um dia após o Natal de 1974. O casamento deles não era só felicidade. De acordo com uma fonte, ela tinha a língua afiada e era muito exigente. Ele, por sua vez, era um galinha. Mas eles se amavam, e, um dia após o funeral de Benny, um florista entregou uma única rosa vermelha a Sayde. Ela recebeu mais uma no outro dia. E no dia seguinte também. Algumas histórias dizem que ela exigiu que o florista lhe dissesse quem estava mandando as rosas, mas muito provavelmente ela simplesmente descobriu isso no testamento: Jack cuidou para que a esposa recebesse uma rosa todos os dias pelo resto de sua vida. Ela ainda viveu nove anos.

10. Sra. Edwards: doou seu marca-passo a um cachorro

Dorothea Edwards, que morreu aos 80 anos, instruiu sua família a doar seu marca-passo a um animal. Nos Estados Unidos, é proibido fazer esse tipo de doação a uma pessoa, mas não há nenhuma restrição quanto a doar o ítem a cachorros, gatos, porcos ou qualquer outro animal que possa ter os mesmos problemas cardiovasculares que os humanos. A Sra. Edwards entendeu isso e acabou dando seu marca-passo à Universidade de Medicina Veterinária da Georgia, que o implantou em Sunshine, uma cadela que vive bem até hoje.

Traduzido daqui.

3 Comentários:

Iúri disse...

Inacreditável a "criatividade" de todos... o pior que a maioria quis se vingar quando da sua morte.

Gerson disse...

Vou pensar em algo criativo pra deixar em meu testamento..

carlos disse...

eu morro e não vejo tudo!

Related Posts with Thumbnails

Melhor visualizado em Mozilla Firefox. Template by Dicas Blogger e Códigos Blog. Modificado por Samantha Ovídio.